quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Segundo dia - 15 de agosto (parte 1)


{Pela manhã, ao acordar, Nick já não estava ao meu lado. Pensei que ele tivesse ido embora. Me levantei e ia para o banheiro, mas ouvi um barulho na cozinha. Fui ver o que era e, adivinha? Nick estava fazendo o café da manhã!}
Nick: Espero que você goste de bolo de brigadeiro.
Selly: Gosto, mas… Foi você quem fez?
Nick: Não… Eu comprei. Na verdade, eu comprei tudo aqui. Mas esquentei o leite e fervi a água para o café instantâneo. E essas flores [tira um buquê de diversas flores das costas] são da minha plantação. Eu preparei esse buquê especialmente pra você.
Selly: Obrigada. [pega o buquê] São lindas…
Nick: Você já se olhou no espelho hoje?
Selly: Hãn? Por quê?
Nick: Essas flores são realmente belíssimas. Mas não tem um quinto da sua beleza, da sua inteligência ou da sua doçura. Claro, quando você quer.
Selly: Isso é um elogio ou uma crítica?
Nick: Um elogio, é claro. Foi desse jeito que eu te amei, não quero que você mude. {Amei? Do verbo “eu não te amo mais”? Mas e a gravação? E a conversa entre o Joe e a Demi?} Algum problema?
Selly: Não, nenhum. Mas… O que você disse mesmo? Eu me distraí e não ouvi…
Nick: Jura que vai continuar não tendo problema?
Selly: Claro, fala…
Nick: Eu disse que nós poderíamos ir fazer um piquenique no zoológico. E você concordou, não pode voltar atrás.
Selly: O “nós” quer dizer quem? {Me aproximei dele, como ele geralmente costuma fazer comigo. Mas minhas intenções eram diferentes das dele. Eu só queria tentar descobrir o que ele sentia por mim.} Eu, você… {Parei bem próximo a ele. Não acredito que ele fechou os olhos e fez biquinho!} Sua noiva? {Se estivéssemos em um filme, com certeza estaria tocando uma música romântica e, depois de eu ter dito “noiva”, ia ter aquele efeito de “disco arranhado”.}
Nick: [abre os olhos] O quê?
Selly: Posso chamar a Demi e o Joe? Ah, e você chama o David! Achei-o tão simpático, bonito…
Nick: Ele não vai! Nem a Demi, nem o Joe, muito menos a Chloe.
Selly: E por que eu iria fazer um piquenique única e exclusivamente com você?
Nick: Porque você concordou. Por favor…?
Selly: Ok. Mas quando nós vamos?
Nick: Agora. Só termine de tomar seu café e se troque. Eu vou estar te esperando…
Selly: Por falar em trocar, você trocou de roupa. Como?
Nick: Eu comprei…
Selly: Às sete da manhã?
Nick: Esqueceu que você está em Disnecity? Aqui todos acordam com as galinhas.
Selly: Eu vou fingir que acredito, ok? Mas só mais uma pergunta: como nós vamos para o Zoo?
Nick: Surpresa!
{Fui me trocar e voltei para sala, onde Nick me esperava. Ele tapou meus olhos e me levou para fora. Então, ele sussurrou no meu ouvido…}
Nick: Quem é, você sabe. Agora, adivinha o que é…?
Selly: Para com isso, Nick! Você tá me deixando…
Nick: Arrepiada?
Selly: Não, idiota. Curiosa!
Nick: Então como você explica esses frissons na sua pele?
Selly: Hãn… Mudança de temperatura. Anda, deixa eu ver o que… {Destapei meus olhos.} O que é isso?
Nick: Você me acusou de ter estragado sua bicicleta…
Selly: Acusei não, eu vi você arruinando o meu pneu! A propósito, você andou malhando? Como você conseguiu estourar meu pneu?
Nick: Isso não vem ao caso. O que importa é que eu me arrependi do que fiz e queria te recompensar…
Selly: Se arrependeu, foi?
Nick: É evidente. Mas, que fique bem claro: me arrependi de estragar sua bicicleta, não de ter ficado com você durante essas horas. Umas das melhores da minha vida, diga-se de passagem.
Selly: Além de malhar, você também teve aulas de português, não é?
Nick: Para de tirar onda com a minha cara! E aí, melhorou?
Selly: Tanto faz. Não me importam as palavras ditas, mas o modo de serem ditas.
Nick: Nossa … Mas, você me desculpa por estragado o pneu da sua bike?
Selly: Não seria mais fácil ter trocado o pneu da minha bicicleta?
Nick: Seria, mas ontem ela ficou jogada na estrada. Ou seja…
Selly: Não precisa dizer. Mas, tem um detalhe… Uma coisa estranha nessa bicicleta.
Nick: E o que é?
Selly: Ela tem dois lugares. A minha ex-bike tinha apenas um.
Nick: Eu sei.
Selly: Então…?
Nick: Como você acha que nós vamos para o Zoo?
Selly: Você tá brincando, né?
Nick: Claro… Que não.
Selly: Nós vamos pedalando até o zoológico?
Nick: Nós poderíamos ir de moto… Se você não tivesse furado o pneu dela!
Selly: Você comprou um café da manhã enorme, fez um buquê, comprou roupas e uma bicicleta de dois lugares, mas não trocou o pneu dessa moto?
Nick: Não deu tempo… Eu também tive que preparar a cesta do nosso piquenique… Vamos? O caminho é longo…
Selly: Tá né…
                {Depois de muito pedalar (uma hora ou mais) finalmente chegamos ao Zoológico.}
Nick: Vamos estacionar?
Selly: Aqui tem estacionamento para bicicletas?
Nick: Claro. {Fomos em direção ao estacionamento.} Você está realmente desatualizada, não é?
Selly: Sinto muito, mas não morro aqui há anos! Desde que… Me formei no curso (a) normal. {Depois de estacionar a bike, fomos para o gramado para arrumar o piquenique. Me sentei, encostando-me em uma árvore.}
Nick: Acho que ouvi errado. Você disse “curso anormal”?
Selly: É, eu disse. {Começamos o piquenique, gastronomicamente falando.} Depois de começar o curso, eu fiquei praticamente louca! Eu fiz cada coisa que nunca imaginei fazer…
Nick: Tipo o quê?
Selly: Tipo… Uma coisa que eu nunca pensei, muito menos sonhei em fazer: me casei!
Nick: {Que estava com o sorriso idiota de sempre, perde-o rapidinho.} Como assim?
Selly: {Ri da cara dele.} Não precisa ficar com ciúmes. Eu anulei o “casamento” no banheiro, enquanto retirava a maquiagem, menos de cinco minutos depois de me casar. Eu descobri que o Pedrinho Foguetão era, na verdade, Pedrita. Acredita que a Demi foi o padre?!
Nick: Isso não teria acontecido se eu fosse o noivo. Garanto que sou Nicholas e não Nichole.
Selly: Que isso? Um pedido de casamento?
Nick: {Se aproximou de mim.} É só você dizer que sim e, amanhã mesmo, nos casamos. Mas a Demi não vai poder ser o padre e…
Selly: [interrompe] E a Chlorine? Ela já é sua noiva, não é?
Nick: {Se afastou de mim.} Por que você sempre fala dela? Acaba com a magia…
Selly: Ah! Fala sério Nick! Não é culpa minha se você tem uma noiva.
Nick: Você tá com ciúmes da Chloe?
Selly: Não se iluda, querido. Eu sou uma ciumenta assumida, mas tenho ciúmes das pessoas que eu amo, como meus amigos, minha família, o Miguel…
Nick: [interrompe] Quem é Miguel?
Selly: Depois você diz que eu sou a ciumenta… Miguel é meu gatinho, e eu estou morrendo de saudades dele! Não pude trazê-lo na viagem.
Nick: Onde você morava antes de voltar pra cá?
Selly: Em New York…
Nick: E o que você fazia lá?
Selly: Eu era… {Vai chover! Você pensou antes de falar Selly! Foi por pouco, hein?} Quer dizer, eu sou professora. Eu não deixei de ser.
Nick: E o que você veio fazer aqui? Além de me ver, é claro.
Selly: Tirou o dia pra me fazer perguntas, né?! Eu vim… Esfriar a cabeça. Te re-encontrar é apenas um adicional. Totalmente desagradável, diga-se de passagem.
Nick: Você gosta de me fazer sofrer, né?
Selly: Desculpe, mas é intuitivo. Você não me inspira confiança.
Nick: Por quê?
Selly: Você tem coragem de perguntar? Vou te dar só um motivo: mesmo tendo noiva, você dá em cima de mim e não tenta disfarçar isso. Não duvido nada que você faça o mesmo com várias outras garotas.
Nick: Você sabe que eu prefiro as garotas cultas, inteligentes, sérias e que se chamem Selena Marie Gomez. {O mesmo discurso de antes… Que falta de criatividade! Me surpreende que ainda saiba meu nome.} E sabe o que minha intuição me diz?
Selly: O quê? {Ô ou… Acho que eu não devia ter perguntado.}
Nick: Que eu devo te beijar… [Selly levanta, fazendo Nick beijar a árvore em que ela estava encostada.]
Selly: Que tal irmos tomar um sorvete? Você está mesmo precisando esfriar… E se quiser, te jogo outro milk-shake na cabeça.
                {Decepcionado, Nick se levantou e foi até o sorveteiro comigo. Pegamos o sorvete e voltamos para onde estávamos.}
Selly: Nick, posso te fazer uma pergunta?
Nick: Quantas você quiser.
Selly: A árvore beija bem?

Respondendo aos Comentários:
Kelly: Que bom que gostou... Desse, o que achou?
Nathy: Obrigada, também amos os Nelena! O que achou desse capítulo?
Thamara: Ai que bonito! Também amo Nelena, vamos ver se nos próximos capítulos rola alguma coisa... Será? Também amo você (posso dizer pelas duas)!
Claudinha*-*: Obrigada. Nelena está realmente lindo! O que achou desse capítulo então?
Beijos  a todas!

7 comentários:

Nathy disse...

Perfeito *-*
Amei os Nelena !
Posta Logo ,
Beijos

♥glorinha atanaskovitch♥ disse...

oii deise bom vou te falar a vdd sobre sua historia....ela naum ta boa!!!!!
ela TA perfeita maravilhosa e tudo de bom..nossa desculpa teer ficado sem comentar e que eu naum tinha dado conta da perfeicao que ta sua hst!!!o melhor de tudo ela e NELENA mto NELENA e eles sao muitoooo fofos!!...por favor posta logo tah!!!! e uma perguntinhah seu casal preferido e nelena??se for temos isso em comum=p

thamara disse...

Que romântico o Nick levar a Selly para um pequinique.
Mas ele é muito safado tem noiva e fica tentando beijar a Selly. Ela ta certa de ter levantado.
Toda vez que leio a web eu fico mais curiosa e gosto muito mais.
S2
Kisses

Kelly disse...

esta magnifico
posta logo
beijemi :b

KeKel disse...

Ai!Por que você parou?
Tava tão legal
Tão romantico
Ai,tô amando
Tá ficando até melhor que o seu outro Blog,junto com a Ruh e a Báh(ou Bah?!)É claro!Porque está focado muuuuito em NELENA♥♥
Ai!Postaaaaaa
E não se preocupe.Eu nunca vou te abandonar
Eu estou AMANDO a sua História

Bjuss

nelenaflywithme disse...

Ameiii seu blog; vc realmente escreve muitoooo bem!


posta logooo

NICKisses

¢ℓลяล disse...

Ameii, principalmante a pergunta da Sel.. kk'
mto romantico, mais a Sel é dura na queda, mais ela da certa o Nick tem noiva.
Mais cá entre nós, beem que ele podia terminar com ela, para ficar com a Sel e tudo ficava beem.
Amo Você Como Nunca Ameii Ninguém (D).. ♥

Postar um comentário

 
Wordpress Theme by wpthemescreator .
Converted To Blogger Template by Anshul .